Connect with us

Politize-se

“É necessário que o cidadão tenha algo a perder quando ele se dispõe a vida pública”, Dr. Ramos.

Publicado em

Apesar de muitos adentrarem na vida pública, poucos tem a disposição e virtudes de atuar nela. Por isso politizar-se é um fator de grande importância, para que possamos escolher aqueles que de fato, terão condições de administrar ou representar os interesses e direitos povo.

Autor do projeto de emancipação política e administrativa de Eunápolis, Dr. Ramos foi deputado estadual em 1987. Apesar das lutas e feitos em favor da comunidade, Ramos, não teve a oportunidade de administrar o município, mas, deixou um legado com base na disposição, honestidade e seriedade com o que se comprometia em fazer.

Dr. José Ramos Neto, foi médico, fundador do Hospital Ramos em Eunápolis-BA, empresário e deputado estadual. (Foto: Arquivo família)

O médico fundador do Hospital Ramos, Dr. José Ramos Neto, além de ser um dos responsáveis pela emancipação, está entre os principais nomes que compõe a história do município, tanto pelos serviços prestados à comunidade, quanto pela missão que carregava, a qual era trazer o tão sonhado desenvolvimento.

Dr. Ramos sempre abordava em suas exposições a responsabilidade do cidadão e eleitor, quanto a escolha do seu governante e representante político. Em um de seus discursos, o médico levantou a preocupação da ausência de ações em favor do desenvolvimento de Eunápolis, “Nós não podemos esconder que esse resultado que tanto sonhamos, nós todos sonhamos, e depois de emancipado ver o desenvolvimento a olhos vistos, a passos largos, não vimos! Não foi a falta do recurso que impediu que nós víssemos, realmente foi a falta de disposição, de conhecimento, da complexa máquina de administração pública. Porque as vezes é muito fácil você gerir uma iniciativa privada, mas é extremamente difícil você gerir uma empresa pública…”, destaca Dr. Ramos, quanto a importância de se escolher pessoas com perfil e histórico de capacidade para administrar a máquina pública.

Alertando sobre a importância de se observar tanto a vida pregressa, quanto a ocupação e atividade que o candidato ao cargo público leva fora do período eleitoral, Ramos destacava, “Então é necessário que o cidadão tenha uma atividade, uma militância, tenha algo a perder quando ele se dispõe a vida pública, porque a vezes, ele não tendo a perder, chega ao poder descomprometido e sai do poder também descomprometido, e cria um ciclo e uma imagem de que todo homem público é no mínimo incompetente e corrupto. E eu não caminho por aí, eu não sou desses que pensam que é por aí, eu sou daqueles que tem a convicção, que se quiser, com todas as dificuldades que nós sabemos da vida pública, se tiver boa vontade, se a cabeça estiver com disposição, com compromisso, com seriedade, sem dúvida alguma, pode não fazer uma excelente administração, mas, atenderá ao primário das necessidades de um povo”, finaliza o médico, ressaltando que, independentemente das dificuldades que circulam a coisa pública, se o governante tiver disposição, compromisso e seriedade, pode sim fazer uma gestão que atenda os direitos do cidadão.

Dr. José Ramos Neto em campanha à prefeito de Eunápolis (Foto: Arquivo família)

José Ramos de Oliveira Neto, faleceu aos 66 anos, no dia 12 de outubro de 2014, deixando aos eunapolitanos, parte de sua missão cumprida, a qual era de tornar Eunápolis um município com perspectiva de desenvolvimento a passos largos.