Connect with us

Cidade em Pauta

Padre Alessandro Colen é afastado da Catedral Nossa Senhora Auxiliadora

Publicado em

Na manhã desta segunda-feira (02), durante reunião do Conselho Presbiteral, o bispo Dom José Edson, afastou o padre Alessandro Colen da Diocese de Eunápolis por suspeita de envolvimento em uma rede de intriga.

Bispo Dom José Edson Santana de Oliveira. Foto: ê lêlê

Em nota divulgada nas redes sociais, padre Alessandro diz que a decisão de afastá-lo das funções ministeriais foi do bispo Dom Edson. Ainda segundo o pároco, o motivo teria sido uma carta anônima com denúncias enviada à Nunciatura.

“Tenho minha consciência muito tranquila no que tange a minha idoneidade, honestidade e fidelidade à igreja e, sendo assim, se tivesse que denunciar algo não seria de forma anônima ou usando nome de alguém”, ressaltou Alessandro.

Membro da igreja, em conversa reservada com a reportagem do site Radar 64, informou que este tipo de denúncia pode ser feita por qualquer cidadão. “Quando recebe denúncia, o Núncio a manda de volta ao bispo, pedindo explicação. O que queremos é uma averiguação justa e feita pela Nunciatura Apostólica”.

Redes Sociais

Reprodução/Redes Sociais

Nas redes sociais fieis compartilharam nota de repúdio pelo afastamento do Padre Alessandro Colen, com frases de apoio e comentários criticando a medida do Bispo Dom José Edson.

Nunciatura

Dom Giovanni D’Aniello, Núncio Apostólico. Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Nunciatura Apostólica é um alto nível das missões diplomáticas da Santa Sé, equivalente a uma embaixada. Seu titular, o núncio apostólico, é, portanto, como um embaixador da Santa Sé no país a que foi designado. No Brasil o Núncio Apostólico é Dom Giovanni D’Aniello, o qual exerce a função de representante da Santa Fé e do Santo Padre no Brasil desde 2012.

Fonte: Radar 64