Connect with us

Cidade em Pauta

A economia de Eunápolis e os caminhos a serem construídos

Publicado em

Eunápolis – Seguindo a tendência nacional, o município reage à retomada da sua economia com uma perspectiva de alta de 1,2%, “Esse avanço se soma à retomada do crescimento observada nos dois trimestres anteriores, mesmo com o agravamento da pandemia de covid-19 no início deste ano”, diz o boletim Macrofiscal divulgado em junho deste ano pelo Governo Federal.

Nos últimos dois anos diante dessa pandemia, a qual o país enfrenta de forma intensa, Eunápolis tem grandes desafios pela frente, como a retomada dos empregos por parte da iniciativa privada, o que irá gerar um forte impacto no retorno dos profissionais no mercado de trabalho, e também a implementação de políticas que estimulem a criação de empregos, especialmente nos grupos mais vulneráveis como jovens e mulheres.

Outro ponto a ser levado em consideração nesta retomada econômica do município, é a entrada dos novos investimentos. Marcas como a da rede Pernambucanas e do atacadista Mineirão, além da chegada de novas franquias, irão proporcionar uma movimentação econômica satisfatória ao comércio local, tendo em vista a geração de emprego direto e indireto, como também a oferta de produtos que estimulam a concorrência.

Eunápolis BR101. Perspectivas de novos caminhos-(Foto: Ossivâneo/ê lêlê agência)

Por que Eunápolis é atrativa para investimentos?

Para o consultor da Kaisen Consultoria Empresarial e atual responsável pela Superintendência de Desenvolvimento Econômico do município, Mirabeau Andrade, a resposta para a atração de investidores tem pontos importantes, “Eunápolis, é por definição um centro de atração, porque nós temos a cerca de 52km, um aeroporto internacional, nós somos cortados por duas BR: 367 e 101. Quem é que não quer investir onde ele pode receber seus insumos e exportar sua produção com facilidade por vários canais”, declara Mirabeau.

Aeroporto internacional Costa do Descobrimento

Ações de infraestrutura na região atraem ainda mais investidores, e impulsiona investimento por parte do empreendedorismo regional, o que proporciona uma perspectiva de desenvolvimento a médio prazo.

A expectativa em torno do novo Aeroporto Internacional da Costa do Descobrimento já é grande, e prevê uma injeção na economia da oitava região intensa logo no início da sua construção. O Aeroporto será muito maior que o de Porto Seguro, e atenderá aviões de carga e de passageiros de grande porte, terá 3 quilômetros de pista. O empreendimento será construído no município de Santa Cruz Cabrália na divisa entre os três municípios de Eunápolis e Porto Seguro.

A Secretária nacional de aviação e a secretária de estado de infraestrutura e logística do estado da Bahia, já autorizaram o convênio para a construção e exploração do aeroporto da Costa do Descobrimento. Em uma parceria público-privada, onde de um lado, os apoios institucionais da prefeitura municipal de Santa Cruz Cabrália, Governo da Bahia, Governo Federal, e do outro, o grupo alemão Aquamarinne, com um custo atualizado de R$ 1 bilhão para aplicação no projeto que inicia a construção neste semestre.

CIDADE POLO

Para que a gente possa entender a importância da cidade de Eunápolis para a região sul da Bahia, é bom lembrar que o estado é um dos maiores produtores nacionais de frutas, além de feijão e mandioca, estando entre um dos principais produtores de ‘Café Conilon’, lembrando que boa parte desta produção está nesta região onde Eunápolis é o principal centro de fluxo. Por tanto investimentos em logística e de indústria de transformação, é de suma importância para a economia local e estadual.

A Bahia também responde por cerca de 36% do PIB do nordeste e está entre a sexta maior economia do Brasil. Já a região sul da Bahia responde por grande parte da produção de hortifrutigranjeiros, e tem um papel importante na exportação desses produtos principalmente para Europa, sendo que boa parte desta produção se encontra no entorno de Eunápolis.

Para o superintendente de desenvolvimento econômico da prefeitura de Eunápolis, Mirabeau Andrade, a cidade tem praticamente todos elementos que um centro comercial pode ter, “Nós polarizamos hoje cerca de 400 mil habitantes só na Costa do Descobrimento, temos 8 municípios, e Eunápolis é um deles, geograficamente, a cidade está exatamente na confluência de todos eles”, enfatizou Mirabeau

Avenida Porto Seguro. Cidade retoma sua economia . (Foto: Ossivâneo/ê lêlê agência)

Grafeno

Em 2016 o governo da Bahia iniciou a liberação de crédito no valor de R$ 300 milhões em de 10 anos para investimentos na área de mineração, mostrando a importância que a cidade tem para a economia baiana neste setor. Informações atualizadas, dão conta que, em 5 anos, mais de 3 bilhões de dólares poderão ser gerados só na extração deste minério na região.

Segundo o Desenbahia, que é a Agência de Fomento do Estado,  instituição financeira vinculada à Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia,  o projeto de exploração do grafeno em Eunápolis é um dos maiores em curso pela instituição, o produto considerado revolucionário para o futuro da indústria eletrônica ultrafina, pode ampliar ainda mais a economia da cidade em menos de uma década.

A princípio, o financiamento atual solicitado pela mineradora interessada em atuar em Eunápolis é de R$ 20 milhões para a produção de flakes (flocos) de grafite, mas visando em dez anos chegar a R$ 300 milhões para a produção do grafeno.

Eunápolis tem uma média de 4.500 micro e pequenas empresas, a maioria destas não conseguem expandir .(Foto: Ossivâneo/ê lêlê agência)

Valorização e capacitação do MEI

Ficando atrás apenas da capital Salvador e da sua região metropolitana, uma das regiões que mais recebem investimentos da iniciativa privada é o extremo sul da Bahia.

São muitos os desafios que Eunápolis enfrenta na sua economia principalmente neste momento, onde assistimos a retomada da reestruturação do comércio e do setor de serviços. Por tanto, é importante não apenas esperar que venha grandes investimentos, mas também que o empreendedor local se capacite e se prepare para aproveitar esses novos caminhos, ou possibilidades que vem se apresentando. De 2008 até 2019, Eunápolis tem uma média de 4.500 micro e pequenas empresas, a maioria destas não conseguem expandir devido a falta de capacitação, o que prejudica todo corpo econômico da cidade. Para aproveitar esses novos caminhos e percorrer a estrada da prosperidade em uma cidade que tem lastro para crescer, tem que se pensar estrategicamente. As possibilidades estão à mesa.